quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Pequeno

A cidade acorda pequena.
E longo,
meu coracao estranha o gosto do dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário